Diminua o desgaste de pneus

Diminua o desgaste de pneus


Muitas vezes o modo do carregamento de carga é feito de maneira errada, prejudicando com o tempo a carroceria e o desgaste prematuro  dos pneus

 
Raramente a banda de rodagem dos pneus se desgasta de maneira uniforme, apresentando o mesmo resíduo de borracha em toda a circunferência e por toda a sua largura. As causas são inúmeras, mas uma coisa é certa: é impossível fabricar ou reformar um pneu onde a borracha num determinado ponto do pneu seja diferente de outro local, no mesmo pneu.

 
É claro que pneus e reformas podem ter problemas como ficou comprovado recentemente pelo recall realizado pela Pirelli, mas na imensa maioria das vezes, quando ocorre um desgaste irregular, o pneu é a vítima e não o causador do problema.

 
Deixando de lado possíveis problemas mecânicos, comumente encontrados como situações causadoras de desgastes irregulares, em algumas aplicações esse fenômeno (se podemos classificar dessa forma) é recorrente.

 
Nas ruas e estradas o piso é inclinado para a direita para facilitar o escoamento da água da chuva, o que faz com que a carroceria também se incline e, por causa disso, temos uma maior incidência do peso sobre os pneus montados no lado direito, os quais acabam por se desgastar mais rapidamente quando comparados com os do lado esquerdo.

 
Solução para isso: faça o rodízio dos pneus regularmente.


A situação descrita é normal e atinge a todos os veículos e aplicações, mas tem uma em que esse efeito é muito mais acentuado, e por pura conveniência:
o transporte de material de construção.

 
Pelas ruas das grandes cidades é comum vermos caminhões de entrega carregados de modo a facilitar o descarregamento, onde no lado direito e na traseira estão os produtos mais pesados como pedras, areia, sacos de cimento, caixas de azulejo, entre outros, e no lado esquerdo e próximo à cabine ficam janelas, portas, louças sanitárias, etc. O que é mais pesado e cansativo para descarregar é colocado num local de modo a ficar mais próximo da calçada, facilitando o descarregamento e abreviando o tempo de parada.

 
Se isso facilita o trabalho humano diminuindo o esforço físico, é um veneno para o veículo ao exigir de maneira desigual os componentes mecânicos de um lado e outro do veículo.

 
Insistindo nesse modo de carregamento, com o tempo a carroceria permanece inclinada mesmo quando vazia. Além da suspensão, os freios são forçados e os pneus se desgastam mais acentua-
damente no lado direito.

 
Nas betoneiras, já ocorre o inverso, com os pneus da esquerda gastando mais rápido. A razão é que o balão da betoneira, quando carregado, gira de maneira que o maior volume do concreto fica alojado no lado esquerdo. Aqui, novamente é o rodízio que deve ser feito para equilibrar os desgastes.



Fonte: Na Boléia

© 2018 | Rastrolog Tecnologia Ltda - Rua EugenioJosé Reichert, 142 - São João - Itajai | (47) 3349-6006

Mapa do Site