Santa Catarina e Paraná podem ter pedágios menores

O diretor-regional do Paraná e Santa Catarina da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), João Chiminazzo Neto, disse durante o 7º Congresso Brasileiro de Rodovias e Concessões - realizado em Foz do Iguaçu (PR) semana passada - que as tarifas de pedágio em ambos os estados podem cair em breve. De acordo com ele, esta queda das tarifas virá junto com a realização de melhorias nas estradas.


Chiminazzo citou como pontos prioritários a construção de novos viadutos e passagens, acessos e vias marginais. Para possibilitar a queda das tarifas mais as obras, no entanto, seria preciso a renovação dos contratos das empresas. "De alguma maneira a equação tem de ser fechada. Para ampliar investimentos, ou se prorrogam os contratos ou as tarifas aumentam", defendeu ele.


Hoje, 2.481 km de rodovias no Paraná (15,7% da malha total) são administrados por seis concessionárias. O preço médio dos pedágios no estado é de R$ 8,26 a cada 100 km, ao passo que a média brasileira está em R$ 8,42 a cada 100 km.


Silvio Médici, presidente da Associação Brasileira das Empresas de Engenharia de Trânsito (Abeetrans), afirma que há solução para o problema dos altos pedágios. Basta que companhias e governo negociem a mudança dos contratos para permitir a alteração da forma de cobrança das tarifas: "Tecnologia para isto existe. Há sistemas onde o motorista entra na rodovia, recebe um tíquete, o entrega quando sai dela e paga só pelo que tiver usado" informa Médici.
 

Fonte: DCI

Fonte: Site Gristec: http://www.gristec.com.br/internas.php?noticias=8426&interna=81867

© 2018 | Rastrolog Tecnologia Ltda - Rua EugenioJosé Reichert, 142 - São João - Itajai | (47) 3349-6006

Mapa do Site