Vila da Regata, em Itajaí, recebe cruzeiro de veleiros na segunda-feira

Evento reúne amantes do esporte náutico em uma viagem entre Paraty (RJ) e Florianópolis


A temporada de transatlânticos já acabou em Itajaí, mas um tipo diferente de cruzeiro chega nesta segunda-feira de manhã à Vila da Regata. Formado por 17 veleiros com 50 tripulantes do Brasil e da Argentina, além de alguns uruguaios, o Cruzeiro Costa Sul 2013 chega pela manhã e fica na cidade pelos próximos dois dias. 

Organizado a cada dois anos pela Associação Brasileira de Veleiros de Cruzeiro (ABVC), o evento reúne amantes do esporte náutico em uma viagem entre Paraty (RJ) e Florianópolis. O principal objetivo do passeio é o lazer, já que não há caráter competitivo, além de fortalecer o turismo e divulgar a vela por onde os aventureiros passam, 

O roteiro inicial previa que os esportistas parassem em Itajaí ainda no fim de semana, mas devido a condições ruins do tempo a chegada é prevista para segunda de manhã. Até domingo o grupo estava em São Francisco do Sul, no Norte catarinense. 

A Associação Náutica de Itajaí (ANI) prepara uma recepção aos velejadores, com apresentações audiovisuais sobre a cidade e a Costa Verde e Mar, e entrega de kits com informações turísticas. Terça-feira os visitantes têm tempo livre para conhecer os destinos que tiverem interesse na região, partindo para a próxima perna do trajeto. 

- Turisticamente é um evento bastante importante, porque mais pessoas vão divulgar Itajaí, inclusive para outros países da América do Sul - destaca o presidente da ANI, Cláudio Copello. 

Esta é a quarta edição do Cruzeiro Costa Sul, e em todas elas os veleiros passaram por Itajaí. A ideia é reforçar ainda mais a imagem de capital da vela do município, que sediará nos próximos anos dois grandes competições mundiais no segmento: a Regata Jacques Vabre e a Volvo Ocean Race. 

- É um bom momento de troca de experiência com as pessoas que gostam do esporte. Agrega muito valor - considera Copello. 

Novidades 

A base do cruzeiro é levar veleiros de comandantes iniciantes integrados em flotilha (pequena frota) com outros, de maior experiência, pela costa sul do Brasil com segurança. Embora mantenha o percurso dos anos anteriores, nesta edição os participantes mais experientes podem fazer uma ida e volta a Rio Grande (RS), com uma velejada na Lagoa dos Patos. 

Há ainda a possibilidade, limitada, de alguns velejadores seguirem até Buenos Aires, acompanhando os 10 veleiros argentinos que integraram o Crucero de la Amistad de 2012 e estão voltando à capital portenha. O roteiro tradicional, com chegada em Florianópolis, está previsto para terminar entre quinta e sexta-feira.


Fonte: O sol Diário

© 2018 | Rastrolog Tecnologia Ltda - Rua EugenioJosé Reichert, 142 - São João - Itajai | (47) 3349-6006

Mapa do Site